Uma série apaixonante chamada “Motel Bates”- YagoTadeuOpinião


        A série é um “prólogo contemporâneo” para o filme Psycho de 1960 (baseado no romance de mesmo nome escrito por Robert Bloch), que retrata a vida de Norman Bates e de sua mãe Norma antes dos eventos retratados no filme de Alfred Hitchcock. A série começa depois da morte do marido de Norma, quando ela adquire um motel localizado em uma cidade costeira chamada White Pine Bay, localizada no estado de Oregon, nos Estados Unidos, para que ela e Norman possam começar uma nova vida.

     Mãe e filho chegam felizes ao motel, e á sua nova residência atrás do Motel de sua propriedade na pequena cidade fictícia de White Pine Bay. Norma(Vera Farmiga) e Norman (Freddie Higmore), demonstram uma ótima sintonia entre mãe e filho desde o início e as trocas de olhares evidenciam uma relação de um laço entre os dois, mesmo constantemente sobre o olho de um furacão. No primeiro episódio, nos deparamos com uma mãe e um filho contentes e eufóricos, e parecemos que vamos embarcar em mais uma conspiração geral contra uma família feliz. Mas não, nos deparamos com personagens de uma complexidade emocional impressionante, e a série mostrando suas trilhas, e seus passados, nos deixa perceber aos poucos que Norma não é uma péssima mãe, e que a relação de ciúmes ambíguo beirando á um incesto com Norman, é uma relação tão forte e inexplicável que até o mesmo o público começa á defendê-los.

      Vera Farmiga encarnou uma mãe de corpo e alma, e ela não é uma grande vilã, ela não é uma grande mocinha, a série mostra uma mulher que comete tantos erros quanto tentar acertar. Norma é uma assassina, psicológicamente perturbada, mas seu grande amor por Norman, e a naturalidade com que os erros são mostrados durante a trama sem apontá-la como justiceira ou carrasco, a fazem uma protagonista livre desses conceitos. Quem assiste, se familiariza com Norma e suas confusões, e chega á um momento em que não se torce pra ela ou contra ela, mas em que apenas necessita-se de mais dessa personagem altamente dramática, que Vera Farmiga mergulhou, essa personagem confusa, cômica, fria e amorosa ao mesmo tempo, dessa personagem altamente humana que como seu filho Norman o público não enjoa de assistir, pois se procede atos inesperados, atos humanos e não se prevê os atos de um personagem fora da linha de bem ou mal.

    Freddie Higmore interpretando Norman, transmite uma carga dramática incrível e faz um dueto com Vera Farmiga que sem dúvidas ficará marcado em ambas as carreiras. Freddie Higmore é excelente nos momentos de explosões internas, suas mudanças emocionais e seus olhares insanos perfeitos. A trajetória de Norman na série, mostra o quanto a personagem vai se transformando e tendo os mesmos erros de sua mãe, e o quanto tudo justifica seus comportamentos e a evolução de seu transtorno psicológico. “Bates Motel”, gira muitas vezes a história, e desenrola os acontecimentos em um carrossel, girando sem perder a graça. O irresponsável e agressivo Dylan (Max Theirot) filho de Norma e irmão de Norman, é um eficiente complemento junto de outros coadjuvantes que cumprem suas funções e trocam de funções sem perder graça, já que giram em um esquema eficiente, em que todos são interessantes, e em um texto muito bem escrito onde o desenrolar dos acontecimentos não deixa a desejar. Pra quem quer um thriller com uma grande dose de tensão recomendo: “Bates Motel”. Pra quem quer um tocante drama, recomendo “Bates Motel”. Pra quem quer assistir uma produção de uma direção primorosa: recomendo “Bates Motel”. Cinco estrelas é muito, mas se você assistir justificará esse erro também.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s