Cheia de incoerências e forte concorrência, “A Lei do Amor” sofre para conquistar o público


ale

A nova novela das nove, “A Lei do Amor”, exibida diariamente pela Rede Globo, não consegue nem de longe alcançar tramas que tiveram um desempenho ao menos razoável no horário, como “Império” (32 de média). Para completar a maré de azar, a emissora viu a concorrente Record ganhar um novo fôlego com as tramas bíblicas.

Mas deixando um pouco a concorrência de lado, vamos falar sobre a novela, que tem erros gravíssimos de produção, principalmente, na escalação de seu elenco. Com uma primeira fase bem arrastada e sem muita história para contar, a trama perdiu a chance de fisgar o telespectador.

E o que falar do elenco? Thiago Martins, interpretava Tião Viana quando jovem, Isabelle Drummond era Helô quando jovem, ok! Eis que muda a fase e Tião Viana se torna José Mayer e Helô, fica por conta de Claúdia Abreu, os dois que aparentavam ter a mesma idade no passado, agora transparecem uma diferença mínima ai de 20 anos em seus aparências, como isso?

O mesmo acontece com Suzana, que na primeira fase foi interpretada por Gabriela Duarte, e nesta, Magnólia já era feita por Vera Holtz, na mudança de fase, Regina Duarte assumiu o posto de Suzana, aparentando ter agora a mesma idade de Magnólia.

A atriz Claudia Abreu, tem 1,65 de altura, como ela pode ter feito uma carreira de sucesso como modelo no exterior, com inúmeros convites de grifes e marcar internacionais? É brincar com a inteligência do público.

Mudanças, são bem vindas e o público pede isso, mas elas precisam fazer o mínimo de sentido para darem certo, o erro na escalação do elenco é vísivel e gritante a olho nú, e isso pode explicar parte da rejeição do folhetim.

Além disso, Record e SBT, vivem um excelente momento com suas novelas bíblicas e infantis, respectivamente, algo que tem prejuficado ainda mais o desempenho da novela global, que só consegue dar uma reagida, quando ambas as tramas da concorrência acabam.

Outros fatores que podem responder o motivo de tamanha rejeição para “A Lei do Amor”, é o casal de protagonistas, chato e sem química alguma. Além disso, a história passa longe de ser popular, o que também acaba afastando a tão almejada classe C, como aconteceu no passado. 

2 pensamentos sobre “Cheia de incoerências e forte concorrência, “A Lei do Amor” sofre para conquistar o público

  1. A lei do pavor, urgentemente tem que colocar o novelao A Terra Prometida e Haja Coração um grande sucessao das sete. Tira esse pavor do ar a tal de a lei do pavor, só presta para o lixao da rede esgoto.

  2. Sem necessidade esse texto… O que vc diz sobre o Josué de A Terra Prometida ter o sovaco raspado? Naquela época tinha Gillette Mach 3 Turbo? Risox.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s